Quando não ocorre plágio

Não é necessário que tudo que é escrito seja citado, caso contrário seria impossível não cometer plágio. Há uma quantidade imensa de conhecimentos considerados comuns, acessíveis e dominados pelo público em geral ou nas áreas de estudo específico em relação aos quais é desnecessário indicar a fonte, pois se referem a assuntos que todas as pessoas já conhecem ou que no campo de estudo é um saber compartilhado por todos.

Exemplos:
  1. Conhecimento é o produto da relação estabelecida entre o sujeito e a realidade (Filosofia).
  2. A tarefa administrativa envolve processos, recursos e pessoas. O processo administrativo possui as seguintes etapas: planejar, organizar, executar e controlar (Administração).
  3. Fotossíntese é o processo através do qual as plantas realizam transformações de energia com o utilizando dióxido de carbono (CO2) (Biologia).
  4. Quadrado é uma figura geométrica com quatro lados iguais e ângulos de 90º (Geometria).
  5. O processo de aprendizagem da criança está relacionado diretamente ao seu desenvolvimento (Pedagogia).
  6. Efeito placebo é o resultado obtido com medicamentos inertes cuja finalidade é o tratamento terapêutico do paciente (Medicina).
Também é desnecessário fazer indicação de autoria quando são citados fatos históricos, acontecimentos atuais ou aspectos relacionados ao cotidiano amplamente conhecidos:
Exemplos:
  1. A Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas realizada em dezembro de 2009 em Copenhague (Dinamarca) não obteve como resultado o consenso dos líderes mundiais sobre o corte de emissões de gases estufa.
  2. O agente causador da síndrome da imunodeficiência humana adquirida (AIDS) é o vírus da imunodeficiência humana (HIV).
  3. É preciso aprofundar a reflexão e a análise crítica sobre a natureza da implementação das chamadas ações de responsabilidade social que vem sendo implementadas de forma generalizada e amplamente divulgadas no mundo dos negócios.
  4. Da invenção do telefone à criação da rede mundial de computadores, o avanço das tecnologias de comunicação vêm aumentando a proximidade entre as pessoas em qualquer lugar do mundo.
  5. O uso de computadores pessoais conectados à internet tem aumentado os índices de plágio em trabalhos acadêmicos devido a facilidade de acesso e consulta eletrônica de fontes.
 
Para ter certeza de que o que você está escrevendo pode ser considerado conhecimento comum e dispensa o uso de citações é importante que você esteja familiarizado com os conceitos e conteúdos relacionados à sua área de estudos. É recomendável que você converse com os seus professores para ouvir a opinião deles sobre a necessidade ou não de fazer as citações sobre textos que você considera comum. Portanto, conserve sempre e bem organizadas as suas fontes de pesquisa para eventuais citações. Sem isto, pode se tornar bastante difícil localizar a mesma informação novamente. Se não for possível citar a fonte da informação que requer isto, é melhor não utilizá-la.
Na dúvida sobre se o que você está escrevendo é conhecimento comum ou não, FAÇA SEMPRE A CITAÇÃO E A REFERÊNCIA da sua fonte. Isto não é demérito para o seu texto, ao contrário, demonstra que está escrito com fundamentação.
A DigitalPub faz análise de plágio para alunos, professores e instituições de ensino. Entre em contato conosco para solicitar um orçamento.
Fonte: PlagioNet

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email